33 Abaixa a tampa do vaso... Não deixe a toalha molhada na cama... #Vida a Dois

-Não deixe a toalha molhada em cima da cama... você sabe que eu ODEIO isso, parece que faz só para me provocar.
-Dá para parar de fazer compras desnecessárias? Para quê 5 sapatos do mesmo modelo? Não interessa se as cores são diferentes, o modelo é o mesmo e você está gastando muito...
-Você deveria estar trocando a lâmpada do escritório, deveria aproveitar o sábado para fazer as coisas que precisam aqui em casa ao invés de ficar sentado no sofá como um descomungado assistindo esses programas idiotas e esportivos...
-Caramba, você não pode pelo menos uma vez deixar de assistir essa novela idiota para que eu uma vez na vida assista ao jogo?
-&¨$#@<%$..

E por aí vai...

Hoje me peguei reflexiva sobre a Vida a dois, aquela vida que teremos depois de casados... Já disse várias vezes aqui que as pessoas aderiram a "moda ficar noivos e casar" e se esqueceram do que realmente é uma vida a dois. O que é uma pena, porque isso reflete em divórcios, vida infeliz e etc.
Para mim, casamento sim é eterno, e não adianta me dizer que o amor acabou, [...] o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta... ou seja: se ele é tolerante, esperançoso, crente e sofre pelo bem de alguém eu acredito que seja incapaz de morrer... Então porque tantas separações, tantos casais infelizes, tanta traição e família desestruturada? Porque o amor foi deixando de ser a pedra principal da estrutura "vida a dois".
Costumo dizer que viver a dois exige que abramos mão de muitas coisas que fazemos, gostamos, temos algum hábito ou mania em prol do outro, para que ele se sinta feliz, mas hoje vejo tantos casais egoístas, que querem que o outro mude e ainda impõe que se o outro mudar ele também mudará, agora me pegunto: Desde quando impõe-se condições para que uma mudança - da qual você faria apenas pelo desejo de ver o outro bem, feliz e realizado - aconteça em nome do amor? Desculpe-me os céticos mas amor não é isso.
Tenho um casal de amigos que não eram tão chegados assim - tipo: nunca tinha ido na casa deles!!!. Até que um dia fui num culto caseiro lá e para a minha sorte eu era a única solteira já que os demais já eram casados há algum tempo. No bate papo, conversa vai e vem e é lógico que noiva já puxa o assunto casamento em tudo e começamos a falar sobre isso, mas logo nos vi conversando sobre como manter uma vida a dois saudável e eles citaram exemplos por vezes engraçados mas que me fizeram refletir muito sobre o assunto. Nas palavras deles:

Toda vez que a Gabi vai tomar banho ela nunca, nunca leva a toalha... No começo eu não sabia disso, aí percebi que toda vez que ela ia tomar banho gritava do banheiro para eu pegar a toalha dela, mas isso não é o pior, ela tem a mania de sair nua do banheiro já que após o banho ela sente um calor surreal e prefere se trocar no quarto, e aí calhou de gritar por mais um favor: fecha as janelas!!! Lógico que aquilo me irritava, meu Deus, como uma pessoa vai tomar banho e não pega a toalha? Pegar a toalha para tomar banho é tipo física: ação e reação sabe, mas ela não pegava, e o pior, sabia que ia tomar banho e mesmo assim deixava as janelas abertas e sobra para o trouxa aqui pegar a toalha e sair correndo pela casa para fechar as janelas que ELA abre... Como aquilo me irritava! Como estávamos no começo do casamento eu não dizia nada, mas fazia questão de lhe entregar a toalha com a cara de desagrado e comentar que tive que sair correndo para fechar as janelas... aquilo continuou a me irritar a cada dia pois ela não mudava, ia para o banho e lá estava eu já fechando as janelas e colocando a toalha no banheiro sem ela pedir pois sabia que ela não ia fazer isso, e começou a se tornar automático, Gabi ia para o banho, João ia atrás das janelas escancaradas e da toalha... Percebi que fazer isso por ela deixou de ser algo que me incomodava muito, começou a ser motivos de riso, zoação e para mim tornou-se um hábito... Certo dia estávamos comentando sobre a nossa vida a dois e o que tivemos que nos habituar por amor e é lógico que eu não deixei essa passar, contei desse pequeno gesto que eu aderi por amor a ela e no fim ela me confessa: Nossa amor, eu também odiava toda vez que deitávamos, eu sempre deito antes de você e quando você decide ir para a cama parece que a sede vem e sempre pede para eu buscar água... no começo eu sempre levantava para pegar água para você mesmo odiando isso e ia com a cara de desagrado também lhe entregar, hoje, já sei que você sente sede quando vai dormir e por isso sempre  antes de deitar já deixo a garrafa com água fresca ao lado da cama para que assim quando você me pedir eu já lhe dê....
Por fim o João me disse: 
Icara, relacionamento é isso, é você abrir mão muitas vezes do seu bem-estar, das suas manias e assumir novas a favor de quem você gosta, com o tempo você vai ver que seu companheiro fez o mesmo por você sem muitas vezes te impor nada... descobrimos que ambos assumiram novas posturas depois de muitos anos de casados e descobri que a amo cada vez que percebo o quanto ela cuida de mim e é do capaz de fazer por mim mesmo sendo para ela algo errado, irritante... pois ela faz por amor.

Depois disso me perguntei porque tantas pessoas deixam a chama do amor se apagar porque estão cansadas de levantar e buscar o café da manhã enquanto o outro fica dormindo, de ficar cansado de ter de acompanhar uma mulher indecisa nas compras, da tampa do vaso que fica sempre levantada, das flores que nunca recebeu, do galão de água que não é trocado, de esquecer de ligar o aquecedor e etc...
Porque elas preferem terminar e descumprir o que juraram perante Deus e os homens que seria eterno - até a separação pela morte - do que procurar a felicidade em novos hábitos?

Fica aí uma reflexão para vocês pensarem que casar não é só juntar as escovas, mas também estar disposto a tornar o outro feliz, mesmo que isso exija mudanças.

Beijos no coração de vocês!
Ícara

33 comentários:

  1. Amei esse texto Icara... esse relato foi muito verdadeiro e lindo =]
    Vou até mandar pro meu noivo ihhihihihi

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manda sim!!! É sempre bom aprender com os outros né!!!

      Beijos Kathe

      Excluir
  2. Sabe, o bom de estar com o Gil há quase 6 anos é que já tenho uma ideia do que vou enfrentar quando casarmos... por exemplo, o fato de ele gostar de ficar quieto e sozinho às vezes (e eu sou super carente). Ao mesmo tempo, ele vai ter que aturar minhas variações de humor. No fim, acho que o mais importante é manter o diálogo... é importante conversar, e se adaptar à outra pessoa e aceitar tanto os defeitos quanto as qualidades...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é né, se a gente se adapta a tudo, trabalho, escola, família e etc porque não podemos fazer isso por quem amamos?
      É isso aí Fran!
      =D

      Beijinhos

      Excluir
  3. O bom é que isso tudo não será uma novidade pra mim já que moramos juntos. Mas é a pura verdade adquirimos novos hábitos por amor e o que incomodava deixa de incomodar pelo simples fato de fazer a felicidade do outro. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, mais uma prova!!!! É bom saber que ainda existem casais que não são egoístas!!! Parabéns pelo relacionamento de vcs Sol!

      Beijos

      Excluir
  4. Amei o post Icara...
    Mtas vezes a maioria se apega aos preparativos do casamento e esquece do que virá depois...e que é mto mais importante...a vida a dois
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Nise, fica achando que tudo vai ser conto de fadas e depois não aguenta a vida real... temos que ter o pé no chão né!

      Beijos

      Excluir
  5. Adorei o texto!
    Pura verdade...

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que lindoooooooo, Icara!!! :-)
    É justamente isso o amor e o casamento. Eu também no comecinho tinha umas coisinhas que me irritavam, mas depois fui vendo que não eram coisas para fazer um tempestade. A vida de casado é assim mesmo: rotina, sai da rotina, volta, sai... kkkkkkkkkkkkkkkk... O importante é não deixar apagar a chama! Acho muito fácil separar, mas para mim não é a solução. Se algo faltar ou der errado no caminho, por que não rever tudo e tentar acertar as coisas?
    Beijinhos, Linda!!!

    solteiras-noivas-casadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Luh, falou tudo, as pessoas muitas vezes optam por separa pois acaba sendo o mais fácil ao invés de rever, tentar e achar outras soluções, sou como você, precisamos ser maduros para aceitar o outro, para mudar e para amar principalmente!

      Beijos flor!

      Excluir
  7. aaanw que lindo!

    Adorei o post Ícara :)

    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Ícara, é bem assim mesmo, eu casei fazem 1 ano e 7 meses, mas só conseguimos vir para nosso lar há uns 2 meses, por várias vezes já tivemos pequenos desentendimentos devido às diferenças que estamos descobrindo agora kkkk, depois de quase 8 anos juntos.
    Eu detesto bagunça, detesto que tire uma coisa do lugar, mas o marido acha que tirar uma coisa daqui e colocar ali é normal, enfim tô aprendendo a segurar o "DEIXA ISSO QUIETO AÍ!!!"
    Por outro lado, tenho mania de acumular roupa pra passar e por vários dias, levantar de manhã pra passar 1 camiseta pra ele trabalhar, o que ele não gosta, pois a roupa fica quente ou ele pode se atrasar.
    Acho que o casamento é sim uma benção, mas não é fácil, quem disse que seria né? Uma festa é divertida, a lua de mel é divertida, afinal vcs não se preocupam com nada, são momentos de comemoração, de muito amor, mas depois disso, vem as contas, vem a rotina doméstica, vem a convivência, essa é a realidade onde o amor deve prevalecer, sempre!

    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Val, o amor tem que prevalecer a todas as dificuldades, porque casar é isso, tornar-se um para suportar juntos qualquer coisa!

      Beijos flor

      Excluir
  9. Adorei o post Icara, muito bom mesmo!
    E nos faz perceber ainda mais que amar é se doar um ao outro, aprender a mudar, aprender a entender as diferenças, sem deixar de amar, acima de qualquer coisa! *-*

    beijos

    amandocasandoedecorando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprender a se doar, isso é a essência mesmo não é!!!

      Beijos flor!

      Excluir
  10. Olha, legal como eles se adaptaram. Mas eu acho que o certo de repente seria cada um cuidar das suas necessidades também, acho que abusar da outra pessoa só porque é casado e a outra pessoa tem que aceitar é ridículo. Acho inclusive que é um dos motivos dos casamentos acabarem. As pessoas são muito egoístas e querem que tudo seja feito para ela. Por exemplo, se ele tivesse ido conversar com ela com todo o amor "querida, porque você não leva a toalha para o banheiro e fecha as janelas? Já reparou que sempre eu faço isso, tenho que parar tudo para te ajudar?" Pronto, problema resolvido. Acho que tem coisas mais importantes e inevitáveis para a gente se acostumar e ceder do que isso. Acho que pequenas irritações como essa, somadas, geram muito atrito, ainda mais quando eles não dialogam, como eles, que só foram descobrir do desagrado do outro depois de muito tempo. Mas enfim, a verdade é que cada casal sabe o que é mais fácil de relevar, se para eles foi isso, melhor do que brigar, não é? Aqui em casa cuidamos muito para ceder, mas sempre valorizando a gentileza do outro, sem deixar que isso vire escravidão, obrigação. Se ele levanta uma semana para me levar o café, faço o mesmo na outra, sem ele me pedir, sem nada. Se ele cozinha em um dia que eu não estava afim, e no outro ele não quer lavar a louça, eu me ofereço para lavar. Agora é muito fácil se acostumar a ser servido sempre, e muita gente fica irritado e não dialoga, até que vira briga. Graças a Deus a gente já havia "morado" junto uns 2 anos antes de casar, então já sabíamos das manias do outro e tudo mais, mas graças a Deus nada que incomode tanto. O pior é roupa jogada no chão (dele) e ele odeia que eu demoro para me arrumar rsrsrsrs... Basicamente é isso, o restante é tudo muito bem, de resto, são gentilezas que sempre buscamos retribuir, sempre ser carinhoso, fazer sempre para mostrar que é o amor, e não que está conformado que vai ser empregado do outro sabe? Esse papo rende heim rs... Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas acho que deixar de ser egoísta é conseguir se doar pelo outro, se eu posso fazer algo porque não fazer? Se fiz uma vez e percebi que não é um bicho de 7 cabeças porque continuar a me incomodar com isso? Se não adotarmos novos costumes, manias e adequações é mais fácil ficarmos em casa e não casar e ir morar com alguém, pois nos adequamos a nossa família, amigos e colegas de trabalho, porque não fazer isso por quem amamos?
      Mas é isso, cada casal consegue mensurar o que vale a pena em cada relacionamento!

      Beijos flor!

      Excluir
  11. Nossa disse tudo, tbm sinto como se fosse moda noivar e casar e fico pensando justamente na quantidade de divórcios e casamentos mal realizados por preciptações!
    Tudo o q vc disse eu concordo, o amor supera tudo, o amor é pra sempre, assim como o casamento deve ser! ^^

    bjs

    fernandamouta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Concordo plenamente Ícara, casamento é eterno e como todo relacionamento sério e principalmente como a vida, é sempre preciso abrir mão de algo para ficar tudo bem. No casamento abrimos mão por amor, e com o tempo, nem lembramos dessa mudança.
    Beijos..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... se posso mudar em outras áreas da vida porque não mudar pelo casamento? Também penso assim!!1

      Beijinhos flor

      Excluir
  13. Que lindo esse texto, de fato muito se tem perdido dos valores do casamento, ontem pensei muito sobre a vida a dois tb, estou na casa dos meus pais e aqui a mordomia é total e ai fiquei pensando e qdo for a minha casa a minha vida o meu marido como vai ser??? mas oro mto a Deus pra q Ele nos ajude a ser um para o outro conforme nossas necessidades. Pra mim casamento tb é eterno e vou pra ele não como quem sonha a perfeição, mas sim com os pés bem colados ao chão e no coração a disposição para buscar sempre oferecer o q há de melhor para o Ricardo.
    Bjks
    Aninha www.amarmefazfeliz.blogspot.com.br
    Promoção de bem casados --> http://amarmefazfeliz.blogspot.com.br/2013/02/compra-coletiva-de-bem-casados.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso mesmo Ana, o casamento também precisa estar alicerçado em Deus para que consiga suportar dificuldades!!!

      Beijos flor

      Excluir
  14. Falou tudooo! Vemos muitas meninas encantadas com os preparativos do casamento, e depois que casam, continuam eternas noivas, tentando preencher o vazio pós-festa. Casar é muito bom, mas é muito mais do que festa, vestido e glamour. É, acima de tudo, maturidade e concessão. Viver a dois não é nada fácil, mas é muito gostoso também, desde que saibamos respeitar o próximo e crescermos juntos.

    Beijo!

    http://papodenoivo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Dani, certíssimo! Saber respeitar e consentir, são palavras essenciais em qualquer relacionamento!

      Beijos

      Excluir
  15. Ótimo texto!!
    Um casamento é mto mais que uma festa e uma cerimônia. É saber dividir, é respeitar o espaço do outro!!
    Mas amooo estar casada!!

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm sei que vou amar ser casada!!!!

      Beijinhos Suzy!

      Excluir
  16. Ícara, tá de parabéns pelo post!! O texto é a mais pura verdade e perfeito! Vai ajudar muitas noivinhas a entenderem melhor como será a vida de casados!
    Eu já moro com meu noivo, que ele é do Rio e eu de Sp e não aguentávamos mais a distância. E morar juntos é assim mesmo, cada um abrir mão de coisas do seu próprio bem estar em função do outro. Tem manias mesmo que viram histórias engraçadas rs! Meu noivo sempre esquece o guarda-chuva e volta ensopado nesses dias de chuva de sampa, rs! Já virou história nossa rs!
    Bjs =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, e sem histórias perdem-se até a graça da vida a dois né!!!!

      Beijos Pri

      Excluir
  17. Que coisa mais linda, super motivacional.. e é realmente como é! AMEI.

    www.aventuraseafins.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Noivos em Apuros © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.